17 dicas para melhorar seu rendimento estudando a distância

  1. Não subestime o EAD
    Antes de mais nada, tenha em mente que um curso da modalidade EAD não necessariamente será mais fácil do que um presencial. Muitos acabam se enganando ao subestimar um curso a distância dessa maneira. Dessa forma, não se dedicam o suficiente e acabam se dando mal.

A verdade é que estudar a distância exige tanto comprometimento quanto assiduidade às aulas presenciais. Se por um lado não é preciso ir todos os dias para o campus, do outro a disciplina em casa deve ser redobrada para conferir todo material e cumprir os prazos.

Qualquer falha grave nesse sentido poderá ocasionar péssimas consequências, inclusive, a reprovação do aluno. Portanto, só tome a decisão de entrar em um curso se você realmente está disposto e tem tempo para se dedicar. Não caia na falácia que estudar em casa é mais fácil!

  1. Seja organizado
    Ser organizado é fundamental para o processo de adequação da rotina em relação aos estudos de um curso a distância. É imprescindível que cada aluno encontre maneiras de organizar os seus dias, semanas e meses se quiser ser mais produtivo.

Antes de mais nada, vale anotar todas as tarefas para entender como as atividades do curso poderão ser encaixadas na agenda. Encontrar esse tempo para os estudos é a parte mais importante de estruturar uma nova rotina.

Isso pode ser feito de diversas maneiras, seja utilizando um gerenciador de tarefas, calendário, uma planilha ou até mesmo uma folha de papel. O ideal é que seja do jeito que mais lhe agrada e que ajude a cumprir suas obrigações.

Outra dica é deixar que essa anotação fique em um local de fácil acesso para você consultar sempre que precisar.

  1. Crie uma lista de prioridades
    Já que falamos no tópico anterior sobre organização, vale a pena complementar esse tópico com um truque que pode contribuir efetivamente para que você seja mais organizado: criar uma lista de prioridades.

O fato é que não basta listar o que precisa ser feito, é preciso entender quais obrigações são mais importantes e mais urgentes. Dessa maneira, será possível identificar o que deve ser realizado com certa prioridade e o que pode ser deixado para depois — com o cuidado de evitar a procrastinação do que não é tão imediato.

Obviamente, não existe uma fórmula pronta para criar uma lista como essa, pois cada pessoa pode apresentar prioridades bem distintas. Esse é um aprendizado pessoal e que deve ser estimulado, sobretudo para facilitar a rotina.

O melhor caminho é que você comece organizando a sua lista da maneira que achar melhor e, com o tempo, verifique se o método está funcionando. Caso não esteja, faça ajustes até encontrar o modelo ideal e sentir que está conseguindo cumprir as suas tarefas de uma forma produtiva.

  1. Tenha foco e disciplina
    Ter foco e disciplina também ajuda a melhorar o rendimento estudando a distância. Visto que a EAD não exige tanto a presença física do estudante, muitas vezes é fácil ficar perdido e tentar deixar tudo para depois.

Por conta disso, exercitar a sua determinação é algo muito importante para ter um bom desempenho no curso. Não há como fugir dos seus compromissos, a não ser que você desista de vez e abandone os estudos — não é essa a intenção, certo?

Então, comece a identificar tudo o que tira a sua atenção no dia a dia para vencer esse desafio. Por exemplo, se a internet e as redes sociais tomam muito o seu tempo, estabeleça limites de horários para mexer com isso. Se estudar com muita gente por perto não está dando certo, encontre um local mais adequado para render mais.

Essas pequenas atitudes e ajustes na sua rotina vão fazer uma boa diferença no fim das contas. Com a agenda organizada e mais foco no que realmente importa, com certeza a sua produtividade será muito maior.

  1. Monte um cronograma de estudos
    Uma dica infalível para organizar a sua rotina é ter um cronograma bem realista para os seus dias, que inclua tanto a parte acadêmica, quanto os seus outros afazeres. Essa é uma tática que não dá certo apenas para quem não se propõe a cumprir o plano.

Divida o tempo de estudo para cada matéria, separando um período para assistir as aulas e fazer os exercícios. Se possível, tente reservar um horário fixo para estudar, como se você tivesse uma aula marcada. Isso contribui para o condicionamento do corpo e da mente.

Fonte: Jornal da Fronteira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Responda a questão abaixo *

Join the mailing list

Check your email and confirm the subscription

Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On InstagramCheck Our Feed